Instrumentação

Cirúrgica

Especialização Técnica em Instrumentação Cirúrgica

Especialização Técnica em Instrumentação Cirúrgica

Nível de Ensino

Curso Técnico

Modalidade

Presencial

Titulação

Técnico

Duração

430 horas/aula

Valor

12x de R$ 330,00

 

Contexto

   Atualmente, vivemos um momento de crescente demanda para serviços de Saúde, em um cenário com muitas oportunidades de crescimento profissional e alta empregabilidade no setor. Os Técnicos Especialistas em Instrumentação Cirúrgica - formação inovadora que a Faculdade do Vale do Araranguá disponibiliza - participam de todas as etapas dos procedimentos cirúrgicos, preparando salas de cirurgia, equipamentos e auxiliando cirurgiões, enfermeiros e médicos antes e durante as operações, sendo peça ativa da equipe.

Perspectivas Profissionais

​    Avanços recentes na tecnologia médica tornaram as cirurgias mais seguras, e o número de procedimentos feitas para tratar uma variedade de doenças e ferimentos aumenta exponencialmente. Como resultado, para um melhor atendimento às instituições de saúde, estas possuem uma necessidade crescente de técnicos em enfermagem especializados em instrumentação cirúrgica. Devidamente treinados e atualizados com as últimas tecnologias, estes profissionais estão menos suscetíveis a erros e contribuem com a efetividade da equipe de cirurgia.

    O aumento da expectativa de vida nos países desenvolvidos também deverá aumentar a necessidade de cirurgias, promovendo assim a presença desses profissionais especialistas nas salas de operações. Além disso, à medida que os indivíduos envelhecem, eles estão mais dispostos a procurar tratamento médico para melhorar sua qualidade de vida, tanto estrutural e física, quanto estética. 

 
 
 

Legislação

    Em território brasileiro, o PL 642/2007 - aprovado por unanimidade em Julho de 2010 pela Câmera dos Deputados - solicita a regulamentação do Instrumentador Cirúrgico como profissional responsável durante o ato operatório, atribuindo a este funções e responsabilidades específicas nos procedimentos.

Missão

    Preparar os profissionais Técnicos em Enfermagem para o exercício da função de Técnicos Especialistas em Instrumentação Cirúrgica, tendo a capacidade de prestar a devida assistência - juntamente ao enfermeiro, ao médico-cirurgião e toda a equipe de cirurgia - em situações cirúrgicas de caráter eletivo, de urgência ou de emergência.

 

Objetivo Geral

    Aprimorar dentro das instituições da área de Saúde, em especial na Unidade de Centro Cirúrgico, o serviço do profissional técnico em enfermagem, qualificando-o de forma criteriosa para exercer a função de instrumentador cirúrgico, facilitando e participando ativamente do trabalho de toda a equipe cirúrgica.

 

Objetivos Específicos

    A formação do Técnico em Enfermagem Instrumentador Cirúrgico tem por objetivo, formar profissionais habilitados para exercer a profissão, capaz de efetuar - por meio de suas habilidades e conhecimentos - o melhor atendimento possível, juntamente com a equipe cirúrgica.

    Realizar procedimentos relacionados à instrumentação cirúrgica e atividades de enfermagem - realizadas antes, durante e depois do ato anestésico-cirúrgico;
    Realizar procedimentos de limpeza, desinfecção e esterilização de materiais e equipamentos;
    Desenvolver as seguintes competências:


- Reconhecer a estrutura e funcionamento do bloco cirúrgico;

- Dominar as técnicas de instrumentação cirúrgica;

- Caracterizar a patologia dos órgãos comprometidos;

- Avaliar as consequências dos anestésicos aplicados nos pacientes;

- Conhecer os instrumentais pelos nomes próprios, segundo a cirurgia a efetuar-se;

- Manter assepsia rigorosa e ter pronto o material de diérese, hemostasia e síntese;

- Ordem e método na arrumação do instrumental;

- Diligência e ajuste de ações manuais;

- Limpeza e acomodação do instrumental na mesa, quando já utilizado;

- Entregar o instrumental com destreza colocando-o na mão do cirurgião, em forma, modo, e precisão exata para o imediato uso, sem que haja necessidade de reacomodá-lo;

- Entregar o instrumental por pedido verbal ou gesticulado, de modo que o ato operatório se faça silencioso e admirável;

- Atentar a entrega sucessiva sem que os peça;

  Trabalhar exercendo sempre com ética e humanização a inovação, promoção, proteção, recuperação, preservação e conservação da integridade emocional do paciente/cliente e de seu familiar/acompanhante.

 

Perfil do Egresso

    O perfil profissional desejado para o egresso, é construído a partir do comprometimento ético, descrito nos seguintes itens:

   

    Ser habilitado para identificar os conceitos básicos, como estrutura e funcionamento do ambiente em que a equipe irá realizar um procedimento cirúrgico, sendo conhecedor dos métodos de prevenção à infecções, utilizando recursos adequados de assepsia e esterilização, além de discorrer sobre noções de anatomia e fisiologia.


    Para que o profissional Instrumentador Cirúrgico, formado por esta instituição, possua este perfil, é necessário que sua formação seja cuidadosamente preparada, de forma que ele desenvolva as competências e habilidades necessárias para alcançar a plenitude do exercício profissional em consonância com os princípios sociais de sua profissão e com espírito humanístico, ético e ecológico.

 

Atuação Profissional

    O profissional de Instrumentação Cirúrgica poderá atuar em Instituições de Saúde - tanto públicas quanto particulares - onde são realizados todos os tipos de procedimentos cirúrgicos.

Atualizado em 12/08/19

Redes Sociais

Contate-nos

Endereço

  • Ícone branco do Facebook
  • Ícone branco do Instagram

© 2020 FVA.

Todos os Direitos Reservados

Av. Getúlio Vargas, 415 - Centro, Araranguá - SC, 88900-000